Covid-19

COVID-19

Escolas de Mariápolis recebem projeto Justiça pela Paz em Casa do Poder Judiciário de Adamantina

Terça-feira, 23 de novembro de 2021

Última Modificação: 23/11/2021 08:19:22 | Visualizada 14 vezes

Iniciativa do Poder Judiciário de Adamantina ocorre em diferentes segmentos


Ouvir matéria

O Poder Judiciários de Adamantina participa da 19ª edição da “Semana da Justiça pela Paz em Casa”, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com os Tribunais de Justiça de todo país.

Na comarca local as atividades educativas ocorrem nas escolas de Mariápolis, na modalidade online, e no prédio do Fórum, na modalidade presencial, com o tema “A paz tem todas as cores”, como detalha a juíza de direito Ruth Duarte Menegatti, diretora do Fórum de Adamantina. “O aludido tema traz a reflexão latente sobre igualdade, equidade, diversidade e inclusão em todas as relações que estabelecemos”, explica. “A programação reforça a importância da atuação permanente da Justiça em prol da construção da paz, pela vertente educacional”, ressalta.

A juíza reitera os objetivos da iniciativa, sobretudo o esforço institucional e das famílias para manter os estudantes na sala de aula, com também enfrentar o uso se drogas. “Destaco que a Semana da Justiça pela Paz em Casa é parte do projeto educacional que está sendo desenvolvido no município de Mariápolis, visando principalmente o combate à evasão escolar e prevenção ao uso de substancias entorpecentes que possui índices impactantes na região nesse momento de pandemia”.

Programação

A programação da “Semana da Justiça pela Paz em Casa”, na Comarca de Adamantina, foi aberta na manhã desta segunda-feira (22), às 8h, no Youtube, com o vídeo “Igualdade étnica pede urgência”, com o convidado Pedro Paulo Abreu Barborana (historiador), a psicoeducadora Denise Alves Freire (mediadora) e a juíza Ruth Duarte Menegatti (organizadora). Veja como foi:

<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/_IR-_OoD_V8" title="YouTube video player" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen></iframe>

 

Também nesta segunda-feira, às 13h, ocorreu a live “Igualdade étnica - O caminho para a paz”, atividade educacional destinada aos professores da rede municipal de ensino de Mariápolis.

Nesta terça-feira (23), acontece às 14h, pela plataforma Google Meet, uma “Ciranda de Ideias” com o tema “O projeto de vida familiar”, atividade educacional voltada aos professores da rede estadual de ensino de Mariápolis.

Na quarta-feira (24) haverá um júri, para julgamento de crime de feminicídio, no plenário do Tribunal do Júri, no Fórum de Adamantina.

Na quinta-feira (25), às 19h, live no Instagram “Conversa colorida: construindo a paz em nós”, uma abordagem dos papeis atribuídos ao gênero e feminismo, que será transmitida no perfil @roteiro.humanizado, com a participação especial da juíza de direito do Tribunal de Justiça da Bahia, Antônia Marina Aparecida de Paula Faleiros. Ela é Mestre em Segurança Pública, Justiça e Cidadania pela Universidade Federa da Bahia (UFBA), professora de Teoria da Argumentação Jurídica, pesquisadora e palestrante.

 

Fonte: www.sigamais.com

Vídeo sobre igualdade étnica, no Youtube, abriu a programação nesta segunda-feira Crédito: Reprodução
Legenda: Vídeo sobre igualdade étnica, no Youtube, abriu a programação nesta segunda-feira

 Galeria de Fotos

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00