Covid-19

COVID-19

Fotógrafa desenvolve projeto "Fotografias do Município de Mariápolis" pela Lei Aldir Blanc

Quinta-feira, 08 de abril de 2021

Última Modificação: 08/04/2021 10:27:15 | Visualizada 750 vezes


Ouvir matéria

A fotógrafa mariapolense Talita Zonatto de Oliveira, apresentou um importante projeto “Fotografias do Município de Mariápolis”, cujo intuito valorizar paisagens e pontos importantes do município, através da contemplação da entidade na Lei Aldir Blanc.

De acordo com as informações, a divulgação teve início ontem, quarta-feira, 7, nas redes sociais da fotógrafa: Instagram talitazonatto_fotografia e pelo Facebook Talita Zonatto Fotografia.

O objetivo é valorizar paisagens do município, belezas naturais e pontos importantes. Houve a escolha de três bairros rurais, sendo: Fortuna, Pé de Galinha e Rio do Peixe, e de fotos das praças da cidade. Devido a Pandemia do Covid-19, que estamos enfrentando, não haverá amostra presencial das fotos, mas pela internet os munícipes poderão se encantar com as belezas.

É importante ressaltar que a fotógrafa Talita foi inserida através da execução de projeto comtemplado no edital de chamamento público N°. 002/2020 – para seleção de projetos com objetivo de fomentar e incentivar a produção artística e cultural, em razão da Lei Aldir Blanc em Mariápolis, referente as ações emergenciais destinadas ao setor Cultural, previstas na Lei Federal N°. 14.017, de 29 de junho de 2020.

Objetivo do Projeto

Valorizar o meio rural do nosso município, locais que guardam muitas histórias e recordações, que poderão ser recordadas por quem visualizar as imagens. Devido ao isolamento e o distanciamento das pessoas não haverá amostra presencial das fotos, mas pela internet os munícipes poderão se encantar com as belezas, resgatar memórias, entre outros. As fotografias ficaram expostos em cartazes no Paço Municipal de Mariápolis, juntamente com um breve relatos dos bairros.

As fotos foram publicadas pela plataforma do Instagram talitazonatto_fotografia e pelo Facebook Talita Zonatto Fotografia.

Relembre: através da prefeitura, mariapolenses e entidade são inseridos na Lei Aldir Blanc

Através da Lei Aldir Blanc, alguns mariapolenses e entidade que foram inseridos nos editais de Chamamento Público, receberam quantia em dinheiro, através de apresentação de projetos que após análise do comitê foram habilitados.

A Lei federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020, carinhosamente denominada Lei Aldir Blanc, foi criada com o intuito de promover ações para garantir uma renda emergencial para trabalhadores da Cultura durante o período de pandemia do Covid-19.

BENEFICIADOS

A entidade ASAUM (Associação de Astronomia Unificada de Mariápolis), através dos representantes Mauro Donizete Bueno, Sigmar Dantas Pereira e Henrique de Sousa Neto, foi agraciada com a quantia de R$ 13.776,83, na categoria Cultura Popular e Pluralidades.

O Grupo Vamo Envolver, através do representante Thiago Vinícius Zonatto Nabarro, recebeu R$ 6.000,00, na categoria música, com o Projeto Live Interativa Vamo Envolver.

O fotógrafo Anderson Aparecido dos Santos recebeu a quantia de R$ 4.000,00, com o Projeto Agro Tradições.

A também fotógrafa Talita Zonatto de Oliveira, também recebeu a quantia de R$ 4.000,00, com o Projeto Fotografias de Paisagens Naturais do Município de Mariápolis – Paisagens no Interior.

Cada beneficiado deverá apresentar e divulgar os seus projetos online, através das redes sociais.

Projeto de fotografia pode ser visto pelo Instagram talitazonatto_fotografia e pelo Facebook Talita Zonatto Fotografia Crédito: Talita Zonatto
Legenda: Projeto de fotografia pode ser visto pelo Instagram talitazonatto_fotografia e pelo Facebook Talita Zonatto Fotografia

 Veja Também

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00